Apresentação do livro-reportagem “Na louca estrada do Rock and Roll”.

Caro leitor,

Image O rock além de ser um estilo musical, com divisões rítmicas e de melodias diferentes, ganhou durante o tempo outra virtude, tão forte quanto a própria músicalidade, a influência na construção da personalidade de jovens e adultos.

Rock é comportamento, atitude e, porque não dizer, identidade. Por isso, convidamos você a percorrer essa louca estrada do Rock and Roll e acompanhar cada detalhe da vida dos personagens deste livro, ora impulsivos como um grito de uma banda punk, ora depressivos e melancólicos como eram os românticos e sombrios góticos, ou apenas sonhadores, que correram atrás dos seus sonhos, tendo como trilha sonora a incrível diversidade de som que há no Rock.

Aqui você encontrará histórias como a de uma mulher modesta e pacata, que tem a sua vida transformada por uma grande paixão e é o rei, Elvis Presley, que a acompanha – parada no KM 50. Garotos vão atrás de seus sonhos para conhecer os seus ídolos e são capazes de quase tudo para trocar uma palavrinha com o seu vocalista preferido ou verem o show de suas vidas – paradas nos KMs 82 e 86.

O sonho do jovem roqueiro em montar a sua própria banda é um clássico das inúmeras garagens espalhadas pelo mundo, a histórias de três garotos que se aventuram no mundo musical não é diferente, ao redescobrirem os vocais harmônicos do surf music – parada no KM 61. Do sonho ao palco, a trajetória de um músico que persistiu na ideia de tocar o som dos garotos de Liverpool – parada no KM 60.

Nessa estrada você também poderá encontrar as histórias do início da carreira de um dos mais reconhecidos vocalistas do punk rock no Brasil, suas questões pessoais em relação à música, o primeiro show e a formação de uma das melhores bandas de punk do país – parada no KM 77.

A fase sombria e melancólica do rock é representada por jovens de vestes negras e maquiagem pesada, que se inspiraram na era medieval e no romantismo para compor o seu modo de ser – parada no KM 80. Mas o caminho para essa tribo mudou durante o tempo, e o colorido e os elementos futurísticos começaram a fazer mais sentido – parada KM 90.

A atmosfera mórbida da vida de um garoto que se torna um maníaco depressivo e se isola do mundo mostra a obsessão pelo ídolo, ele tenta ser o reflexo de um vocalista de voz densa e pensamentos suicidas – parada no KM 79.

A independência e o som delirante de guitarras ouriçadas, misturado a um grupo de pessoas que compartilham duas paixões: motos e rock – parada no KM 89. A voracidade de letras raivosas, vocais guturais e acordes nervosos é a porta de entrada de um mundo novo, para três amigos que descobrem o metAAAAAAAl – parada no KM 71.

A diversão latente no rock foi eternizada no jargão: “Sexo, drogas e Rock and Roll”. As festas que aconteciam na casa de um garoto quando a sua mãe não estava levam a sério essa filosofia e fazem de uma casa de família um lugar para sentir a energia de cada nota – parada no KM 85. Embarque e fique a vontade para passear e aproveitar cada uma das paradas.

Image

Anúncios

Comente aqui

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s